Clique aqui para ver cursos online em promoção! ◄ Aumente as suas competências e oportunidades, plataforma e-Learning, dias e horários desejados, ao seu ritmo.
banner-master-marketing-digital-360

Subscreva Canal

Escolha um curso online

Mais vistos este mês

Cursos on-line

Crie sites profissionais com Wordpress
De uma forma simples e rápida coloque as suas ideias e projetos on-line. Desde o site pessoal com portfólio, site institucional, portal ou loja on-line. Oferta 60€ Google AdWords.
Facebook Empresas e Redes Sociais
Domine as páginas e aplicações para obter o máximo desta rede social. Vá mais além e integre o facebook com o seu site e outras redes sociais. Truques e dicas avançadas.
Marketing Digital e e-Business
Qual a melhor estratégia para o seu projeto ou organização? O que fazer para o colocar em prática e medir resultados? A web está em contraciclo. Implemente ideias com ROI.
MS Excel 2010 e 2013
Este curso aborda desde assuntos essenciais, área financeira, gestão, controlo, estatística e outras áreas. Muitos exercícios práticos. Formador certificado pela Microsoft.
Photoshop CS5 e 6
Tutoriais de tratamento de fotografia, otimização para web e redes sociais, montagens, apresentações, correções, remover objetos, criação de cartazes e flyers.
Google AdWords
Faça publicidade atrativa em imagem, interativo e vídeo. Use técnicas de ReMarketing para mostrar anúncios relevantes aos seus potenciais clientes.
Mobile Marketing
O seu site está otimizado para mobile? Quer criar uma aplicação de uma forma simples? Não sabe como criar QR Codes para vender? Quer criar anúncios e landing page mobile?
Edição de Vídeo
Para além de editar vídeo vai aprender a criar um slideshow, documentário, institucional, evento, apresentação da empresa, produto, vídeo viral, CV, cenário virtual e muito mais.

Agenda Eventos

Siga-me no Google+

Notícias

Agora já pode criar uma nuvem de palavras-chave (Tag Cloud) num slide no Power Point, num documento, colocar num blog ou página, ou outro fim que a criatividade aponte.

Para isso aceda ao site www.tagcrowd.com e digite as palavras desejadas, ou em alternativa, carregue um documento de texto ou Doc com o número de repetições, que ganharão corpo de acordo com a frequência.
Experimente também o http://www.wordle.net/

Veja aqui um exemplo:

Internet

Aqui está uma solução que possibilita o envio de ficheiros através do correio electrónico até 2 gigabytes:

 
http://www.wetransfer.com

 

Como fazer:

            Entre nesta página, faça um clique sobre “Go”, seleccione um ou vários ficheiros, que no total não ultrapassem os 2 GB, digite o endereço de e-mail da pessoa a quem deseja enviar o(s) ficheiro(s), assim como o seu próprio ficheiro, e uma curta mensagem de texto.

            Aguarde agora que o ficheiro seja transferido… enquanto vai apreciando algumas boas imagens de fundo.

            Terminada a transferência, o destinatário receberá uma mensagem de correio electrónico, com a mensagem escrita por si e o endereço para recolha do ficheiro, que pode ser recolhido nas próximas duas semanas, até que será automaticamente apagado…

TIC Ensino

Se precisa de criar rapidamente uma sopa de letras ou palavras cruzadas, como objectivo de imprimir, então visite este site:

Palavras cruzadas:
http://www.armoredpenguin.com/crossword/

Sopa de letras:
http://www.armoredpenguin.com/wordsearch/

Após preencher os respectivos campos, opte por escolher a criação em PDF pois fica muito melhor. Para extrair imagens do PDF poderá recorrer à ferramenta de capturar imagem (Acrobat professional) ou simplesmente à tecla Print Screen e depois colar num documento de processamento de texto.

Até dá para criar um PDF com soluções. É realmente muito útil particularmente para actividades educativas e formativas.

 

Geral

Efeito de Memória (viciação)

Em 1º lugar é necessário desfazer um mito que persiste na cabeça de muita gente.
O efeito de memória, ou seja o viciar da bateria.

No caso das baterias de lítio, esta regra não se aplica, portanto descarregar completamente e carregar  a bateria apenas quando descarregada é completamente inútil e até prejudicial como se irá verificar abaixo.

A bateria de lítio pode ser carregada qualquer que seja a sua carga, dado que isso não tem qualquer efeito negativo.

Retirar ou não a bateria quando ligado à corrente

Em seguida esclarece-se uma questão que muitos utilizadores dos portáteis têm:
"Será que devo tirar ou não a bateria quando estou ligado a corrente?"
A resposta é: SIM e NÃO, depende dos casos.

Não prejudica ter a bateria com 100% de carga e estar ligado à corrente, pois a bateria assim que chega aos 100% deixa de receber energia e é feito um bypass directamente para o sistema de alimentação do portátil.

Porém existe uma desvantagem em manter a bateria no portátil quando ligado à corrente, mas apenas, se esta estiver a sofrer aquecimento gerado pelo hardware do portátil.

Portanto:

- Num uso normal do portátil sem aquecer em demasia (Processador e Disco Rígido na ordem dos 30~40ºC) deve manter-se a bateria no portátil;

- Num uso intensivo que leva a um grande aquecimento (Jogos, p.e.) deve retirar-se a bateria para que esta não sofra aquecimento indesejado;

O calor, aliado ao facto de estar com 100% de carga, é o grande inimigo da bateria e não o cabo do transformador, como muitos pensam.

Descargas da bateria

Quanto às descargas da bateria, devem evitar-se as descargas completas (até o PC desligar sozinho) pois isto stressa muito a bateria e pode mesmo danificá-la.
É preferível fazer descarregas parciais, até níveis na ordem dos 20~30%, e frequentes recargas a fazer um descarregamento e carregamento total.

No entanto, as baterias de portátil contêm um medidor de capacidade que permite saber com exactidão a quantidade de energia alojada. Porém, devido ao ciclo de cargas e descargas este sensor tende a ficar descalibrado com o tempo.

Alguns portáteis incluem na BIOS ferramentas para recalibrar o sensor da bateria, o que não é mais do que uma descarga completa seguida de uma carga completa.
Portanto para calibrar o medidor, deve ser feita, em cada cerca de 30 descargas parciais (referidas acima), uma descarga completa ininterrupta (100% até 0%), seguida de uma carga completa ininterrupta (0% até 100%).

Um medidor descalibrado pode levar a que seja indicado um valor irreal da capacidade, quando na realidade essa capacidade é inferior. Nesta situação o computador pode desligar-se subitamente quando por exemplo ainda seja mostrada 10% de capacidade.

Como fazer uma descarga total?

O método correcto para fazer uma descarga total (100% até 0%) consiste no seguinte procedimento:

  1. Carregar a bateria totalmente até ao máximo da sua capacidade (100%);
  2. Nas opções de energia do Painel de Controlo, desactivar a hibernação automática, caso esteja activada;
  3. No mesmo sítio, configurar a suspensão automática para suspender aos 5%;
  4. Deixar o portátil descarregar, ininterruptamente, até suspender;
  5. Após suspender, manter o portátil a descarregar a bateria, isto permite que a descarga de 5% até 0% não seja "violenta" e a taxa de descarga seja mínima. É importante não colocar a bateria em stress (exigindo muita energia) no seu estado mais sensível;
  6. Esta fase final de descarga pode demorar algumas horas, dependendo da condição da bateria, pelo que é recomendado que seja feita durante a noite, de um dia para o outro;
  7. Quando o portátil desligar por completo, fazer um carregamento ininterrupto até ao máximo da sua capacidade (100%);
  8. Poderá verificar-se a alteração no valor do nível de desgaste, agora é apresentado o valor real.

Conservação prolongada

No que toca à conservação por longos períodos da bateria, esta deve ser feita com a carga da mesma a cerca de 40% e num local o mais fresco e seco possível. Poderá recorrer-se a um frigorífico (0ºC - 10ºC), apenas se a bateria ficar hermeticamente fechada e isolada de qualquer humidade.
É de frisar mais uma vez que o maior inimigo de uma bateria de lítio é o calor, por isso deixar o portátil ao sol no carro num dia de Verão com a bateria a 100% de carga é meio caminho para uma morte anunciada.

Comprar uma bateria suplente

Em relação à compra de uma bateria suplente, é recomendado que se faça apenas quando a bateria actual estiver a dar as últimas, caso contrário, o não aproveitamento de uma das baterias leva à sua degradação.
Se for comprada uma bateria extra e não se usar durante muito tempo, deve usar-se o método acima.
Além disso, aquando da compra de uma bateria deve-se ter em atenção a data em que foi fabricada.

Vantagens em usar o BatteryCare

O BatteryCare permite ter o controlo do número de descargas parciais, e quando estas chegam a 30 (ou outro valor configurável), notifica o utilizador que chegou a altura de fazer uma descarga total para efectuar a calibração do sensor. Assim é garantido que a bateria relata sempre o valor real da capacidade.

Além disso, quando se está a usar a bateria existe a possibilidade de suspender funcionalidades que contribuem para um decréscimo da autonomia (apenas em Windows Vista):

 - Windows Aero, o tema que fornece efeitos visuais como a transparência de janelas, requer aceleração através da placa gráfica, o que obviamente vai contribuir para a diminuição da autonomia;

- SuperFetch, ReadyBoost e SearchIndexer são três serviços do Windows Vista que, mesmo quando se está a usar a bateria, estão a utilizar bastante o disco rígido indexando ficheiros, e contribuem altamente para o consumo de energia e diminuição da autonomia. A pausa destes serviços não tem qualquer impacto negativo no desempenho do sistema.

Estas funcionalidades são retomadas automaticamente assim que o portátil é ligado à corrente.

 

Links externos:

Referência principal
Tabela com informação acerca dos vários tipos de baterias
Um bom guia para optimizar o consumo de energia do portátil